6 dicas para impulsionar o seu desenvolvimento pessoal

0
553
6-dicas-impulsionar-desenvolvimento-pessoal
Desenvolvimento Pessoal (Foto: istockphoto)

Você sabia que o desenvolvimento pessoal é um dos segredos para melhorar sua empregabilidade e obter melhores oportunidades de carreira? Parece óbvio, mas nem todo mundo pensa nisso quando pensa no mercado de trabalho. Afinal, quais são os desafios envolvidos nessa melhoria? Como fazer de forma prática no seu cotidiano?

Este artigo fornece uma série de dicas para ajudá-lo a se desenvolver no trabalho e a encontrar um sentimento de realização.

Como tomar as rédeas do seu desenvolvimento pessoal próprio?

O sucesso é uma meta que se constrói passo a passo e continuamente. Temos que nos preparar para percorrer um longo caminho se quisermos alcançar algo. Da mesma forma, como numa maratona, se colocarmos toda a nossa energia no início do trajeto, não teremos ímpeto suficiente para chegar ao final. Veja abaixo algumas dicas que podem ajudá-lo com o seu desenvolvimento pessoal!

1. Conheça a si próprio

O primeiro atalho para o seu desenvolvimento pessoal é buscar o seu autoconhecimento. Este é um período de reflexão em que você precisa pensar sobre onde você está hoje, para onde está indo e o que deve ser feito para atingir os objetivos que você almeja.

Você precisa conhecer seus pontos fortes e aprimorá-los para começar a trabalhar no seu desenvolvimento pessoal.

2. Exercite a Leitura

Ler é um bom lugar para começar. Afinal, os livros são uma excelente fonte de conhecimento. O que está escrito pode ser o trabalho de uma vida inteira de experiência, pesquisa, fracasso ou sucesso. Portanto, não seja preguiçoso, para melhorar o seu desenvolvimento pessoal, é bom orientar-se pelas boas práticas de leitura.

3. Pense nos detalhes

Às vezes sonhamos com grandes objetivos e temos pressa em alcançá-los. É por isso que não prestamos atenção aos desafios que temos de superar em um estágio inicial. Por isso, é importante anotar todos os seus sonhos – no papel ou bloco de notas do seu celular – e descrever o máximo de detalhes necessários para alcançá-los.

A ideia por trás desta medida simples é desmistificar seus objetivos e entendê-los, não importa o quão grandes sejam, é necessário atender a uma série de requisitos menores para alcançá-los.

4. Defina metas pequenas

Depois de dar o primeiro passo, vale a pena definir entre 3 e 4 metas essenciais para que o sonho em questão se torne realidade. Imagine que você estude jornalismo e queira trabalhar como repórter na produção de matérias e documentários pelo mundo. Para transformar esse sonho em realidade, você pode elaborar um plano com os seguintes objetivos:

  • Formar-se na faculdade com um projeto relacionado à produção de documentários no exterior;
  • falar inglês fluentemente e, se possível, ter conhecimento de outras línguas estrangeiras;
  • desenvolver carisma, eloquência e facilidade para conduzir entrevistas;
  • Formar networking e se relacionar/trabalhar com empresas ou profissionais do meio.

Em outras palavras, você precisa identificar os passos que dá para chegar onde você quer. Pense em atitudes, competências, oportunidades e contatos profissionais específicos que são fundamentais neste processo!

5. Comece a agir

Você já tem um plano e sabe como seguir em frente para que ele aconteça. Agora é a hora de pensar em pequenos passos para atingir cada uma das metas estabelecidas na etapa anterior. Tomando como exemplo a meta de se tornar fluente em inglês, as ações poderiam ser:

  • Inscrever-se em um curso de inglês;
  • Conhecer pessoas de outros países através da Internet;
  • Praticar o idioma de diferentes maneiras (falando, ouvindo, lendo e escrevendo);
  • Experimentar um intercâmbio ou atividade fora do Brasil.

No final, você precisa ficar de olho nas medidas práticas que são os primeiros passos para o desenvolvimento que você deseja – são pequenas ações que o ajudarão a atingir seus objetivos.

6. Identifique e aprimore suas habilidades pessoais

O autoconhecimento tem grande importância como ferramenta para o desenvolvimento pessoal.

Portanto, sempre se pergunte quais são suas habilidades em qualquer área de sua vida. Afinal, seus talentos não são apenas para estágio ou ocupação futura ou até mesmo para sua casa, família ou relacionamentos pessoais. Se você ouve e sabe dar bons conselhos com facilidade aos familiares, também poderá usar essa habilidade no local de trabalho, por exemplo.

Por isso a importância de identificar seus pontos fortes.

Evite o que pode atrapalhar seu desenvolvimento pessoal

Quando você sabe o que fazer para ajudá-lo a se desenvolver, é importante estar atento aos gestos que podem atrapalhar seu desenvolvimento. Um exemplo disso são os profissionais que querem exercer o domínio sobre o ambiente e as pessoas sem passar por etapas básicas.

Você pode se destacar em vários aspectos e ser uma excelente referência em sua área com os melhores resultados possíveis. Mas antes disso, você tem que aprender, crescer e fazer bem até as atividades mais simples do seu trabalho.

Ainda assim, não há outra maneira de se aprimorar em nada além da prática, use seu conhecimento para agir, testar e ver o que funciona e o que não funciona. Os erros fazem parte dessa trajetória e servem como indicativo do que ainda não está bom e deve ser melhorado.

Outro erro comum com esta missão é ter apenas alvos muito distantes. Sempre que possível, estabeleça metas cujos resultados possam ser sentidos no curto a médio prazo, pois a sensação de recompensa é um combustível importante para seguir em frente.

Por fim, interaja com pessoas com pensamentos e espaços diferentes aos quais você não está acostumado são fundamentais para enriquecer sua experiência e aprendizado. Aos poucos, seu desenvolvimento pessoal crescerá e terá um impacto positivo em diferentes áreas de sua vida!

Gostou das dicas? Que tal aprender a desenvolver também a sua educação financeira? Acompanhe nosso portal para mais conteúdos!

Rate this post