Taxa de Desemprego é a Menor para o Mês de Abril desde 2015

0
96
taxa-de-desemprego
(Foto: istockphoto)

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 10,5% no trimestre encerrado em abril, conforme anunciou o IBGE na terça-feira.

Foi o menor percentual para o trimestre desde 2015, quando ficou em 8,1%.

O índice caiu 0,7 ponto percentual em relação ao trimestre anterior encerrado em março e, no ano, caiu 4,3 pontos percentuais.

Em abril, o rendimento médio real de todos os empregos normalmente recebidos por uma pessoa com 14 anos de idade ou mais, ocupadas durante a semana de referência era de R$ 2.569 por mês.

De acordo com os dados contínuos da PNAD (Pesquisa Nacional Contínua de Domicílios) do IBGE, o valor é quase o mesmo de março, mas com queda de 7,9% em relação a abril de 2021.

Queda na Taxa de Desemprego

De acordo com Adriana Beringuy, coordenadora da PNAD “enfrentamos uma queda contínua na taxa de desemprego desde o trimestre encerrado em julho de 2021, principalmente devido ao aumento da população ocupada nos últimos trimestres.”

O desemprego caiu para 11,3 milhões no trimestre encerrado em abril, segundo dados do IBGE. O tamanho do contingente para os primeiros três meses era de 12 milhões.

Oficialmente, a taxa de desemprego agrega aqueles que perderam o emprego e continuam à procura de novos empregos. Quem não tem emprego e não está à procura de oportunidades não está incluído no cálculo (desalentados).

Os dados divulgados pelo IBGE fazem parte da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). A pesquisa retrata o mercado de trabalho formal e informal. Ou seja, são avaliados desde os empregos com carteira assinada e CNPJ até os famosos bicos.

Se gostou do conteúdo, curta, comente, nos avalie e considere nos seguir nas redes sociais!

Leia também

Siga nossas redes

Instagram

Facebook

Rate this post